"Sou uma mulher madura que às vezes anda de balanço, sou uma criança insegura que às vezes anda de salto alto" (Martha Medeiros)



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, Mulher, Música, Livros, Jornalismo, Filmes
MSN - rosammagalhaes@hotmail.com


Histórico:

- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 23/12/2007 a 29/12/2007
- 16/12/2007 a 22/12/2007
- 09/12/2007 a 15/12/2007
- 02/12/2007 a 08/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 21/10/2007 a 27/10/2007
- 14/10/2007 a 20/10/2007
- 07/10/2007 a 13/10/2007
- 30/09/2007 a 06/10/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 15/07/2007 a 21/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 14/05/2006 a 20/05/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 26/03/2006 a 01/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 12/03/2006 a 18/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 26/02/2006 a 04/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 08/01/2006 a 14/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 06/11/2005 a 12/11/2005
- 30/10/2005 a 05/11/2005
- 23/10/2005 a 29/10/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 09/10/2005 a 15/10/2005
- 02/10/2005 a 08/10/2005
- 25/09/2005 a 01/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 11/09/2005 a 17/09/2005



Outros sites:

- Academia Midiática
- Agecom - CEUT
- Aislin Nahimana
- Alexandre Júnior
- Anucha Melo
- Anucha Melo - Novo Blog
- Artes (com) trastes e traquinagens
- Artes (com) trastes e traquinagens - ano 2
- Blog da Any
- Blog da Tânia
- Blog do Américo
- Blog do Bira
- Blog do Daniel Lopes
- Blog do Deto
- Blog do Naeno
- Caixa de Marimbondos
- Camila Rabelo
- Cantos Gerais
- Coffee and Dreams
- Dois dedos na garganta
- D´notícias - Daniel Silva
- Eu Sou a Tal
- Farinhada
- Fran Carvalho
- Fran Carvalho - novo blog
- Hai-Kai - José Daniel Heldt
- Insana Insônia
- Intacta Retina
- Inversos Reversos - Juaum Ferreira
- Labigó Underground Art
- Luciano Klaus - Art Limited
- Mais Cadeiras - Jucélio Jr.
- Mariana Arraes
- Mariana Arraes - novo blog
- Morrer de Rir
- Mulé Burra
- Na Superfície da Alma
- O Distúrbio - Magnus Régis
- O Manual da Boneca
- Observatório da Imprensa
- Olhares
- Overmundo
- Portal Imprensa
- Procronesias - Samara Eugênia
- Quer Dizer
- Ranchinho de Poesias
- Recanto das Letras - George Paes
- Revista Piauí
- Ricardo Noblat
- SomdeCordeMim - Sanka
- Sylvio Edgard
- Tribo Éthnos
- Um Cara Estranho
- Vai te a porra
- Odes Mínimas
- Verão e Inferno


Votação:

- Dê uma nota para meu blog





Contador:

Layout:



Let it be...

Tenho a impressão de que não adiantaria colocar num outdoor. Ou escrever na testa. Ou dizer com todas as letras: "é o seguinte..." Não acho que exagerei na dose, acho até que fui sutil, como prefiro ser sempre. E acho que estou com medo, sim, acho que não quero ouvir o que penso que vou ouvir. Na realidade, talvez nem ouça. Pode ser que eu queira tirar o time de campo cedo demais, mas consigo decifrar o silêncio tanto quanto as palavras. Leio nas entrelinhas com certa facilidade mas às vezes elas me confundem. Sou instintiva, ansiosa, um bocado imediatista mesmo, quanto a isso não tenho muito o que fazer. Mas enxergo o andamento das coisas e pode não ser seguro arriscar passos em falso mesmo que a essa altura do campeonato eu não tenha como voltar atrás. E sinceramente, não queria voltar... porque a razão de tantas dúvidas me cerca com uma leveza que encanta, com uma doçura no olhar que me tira o chão sob os pés, que faz daquelas poucas horas as melhores do dia inteiro. E sorri com os olhos, coisa que adoro. Não ouso nem definir tudo isso, porque a indefinição talvez seja justamente o ponto final.








- Postado por: Oda Mae às 16:55
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Autenticidade

Na aula de ontem estávamos falando sobre autenticidade e isso serviu de gancho pro meu texto de hoje, só que num contexto diferente. Quero falar disso no sentido mais humano, de não precisarmos roubar a essência do outro, de sermos apenas nós mesmos. Isso eu acho extremamente importante. Por exemplo, no meu blog nunca recebi uma crítica negativa relacionada às coisas que escrevo (mas se vier, aceito e publico numa boa) e acho que isso se deve ao fato de que aqui sou eu mesma. E se publico algo que não é de minha autoria (com o devido crédito, claro), é porque naquele momento aquele texto me traduz ou me encanta ou me leva a uma auto-análise, e aquelas palavras passam a ser as minhas, mesmo que "emprestadas". Uma pessoa que admiro muito (e leio todos os dias) é a Anucha Melo, que descreve seus encantos e desencantos, seus erros e acertos de uma forma muito autêntica. Sem medo de ser feliz. E não é assim que tem que ser? Então. Os blogs têm a vantagem da linguagem livre, do descompromisso, da não obrigatoriedade de escrever todos os dias. Um espaço onde podemos desnudar nossa alma ou vesti-la com as cores que acharmos mais apropriadas, mural dos recados que de outra forma, talvez não ousássemos enviar.






- Postado por: Oda Mae às 09:04
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Faço minhas essas palavras, roubo-as, porque o tempo e a incerteza não me deixam ir além disso. Porque queria gritar ao invés de escrever e aqui não é possível. Não tenho culpa da irracionalidade que me toma de vez em quando, não tenho culpa por sentir, por calar quando deveria falar qualquer coisa que mudasse a direção do teu olhar pra mim...

QUALQUER LUGAR 

Enquanto perdurarem essas nuvens de areia
E essa remela nos teus olhos
Vou te pedir uma coisa só:
Cala-me.
Não importa se com os dedos, toda a mão
Ou com a boca
Faz com que eu fique aqui, contemplando a quietude
Envolto nesse edredom cheio de fiapos
Rabiscando as paredes
Lambendo o suor dos meus pêlos

Também peço que, dos teus braços,
Ainda que curtos,
Mantenhas os músculos retesados
Porque o silêncio é bom, e santo, e calmo
Mas tenho aqueles súbitos impulsos, tu bem sabes,
De queimar minha própria pele
E quero que, quando chegar a hora
Tu me ensines
Onde ficam os túneis,
Como tatear nas paredes úmidas
E como acender as tochas que
Trepidando, trepidando,
Vão me levar a algum lugar,
Mesmo que não seja a saída.

João Carlos Dalmagro Jr.








- Postado por: Oda Mae às 14:48
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Existem coisas que ficam na memória... como essa poesia do Drummond, que eu não conhecia, mas gostei muito.

Memória

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão.

Carlos Drummond de Andrade








- Postado por: Oda Mae às 13:57
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________