"Sou uma mulher madura que às vezes anda de balanço, sou uma criança insegura que às vezes anda de salto alto" (Martha Medeiros)



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, Mulher, Música, Livros, Jornalismo, Filmes
MSN - rosammagalhaes@hotmail.com


Histórico:

- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 23/12/2007 a 29/12/2007
- 16/12/2007 a 22/12/2007
- 09/12/2007 a 15/12/2007
- 02/12/2007 a 08/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 21/10/2007 a 27/10/2007
- 14/10/2007 a 20/10/2007
- 07/10/2007 a 13/10/2007
- 30/09/2007 a 06/10/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 15/07/2007 a 21/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 14/05/2006 a 20/05/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 26/03/2006 a 01/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 12/03/2006 a 18/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 26/02/2006 a 04/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 08/01/2006 a 14/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 06/11/2005 a 12/11/2005
- 30/10/2005 a 05/11/2005
- 23/10/2005 a 29/10/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 09/10/2005 a 15/10/2005
- 02/10/2005 a 08/10/2005
- 25/09/2005 a 01/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 11/09/2005 a 17/09/2005



Outros sites:

- Academia Midiática
- Agecom - CEUT
- Aislin Nahimana
- Alexandre Júnior
- Anucha Melo
- Anucha Melo - Novo Blog
- Artes (com) trastes e traquinagens
- Artes (com) trastes e traquinagens - ano 2
- Blog da Any
- Blog da Tânia
- Blog do Américo
- Blog do Bira
- Blog do Daniel Lopes
- Blog do Deto
- Blog do Naeno
- Caixa de Marimbondos
- Camila Rabelo
- Cantos Gerais
- Coffee and Dreams
- Dois dedos na garganta
- D´notícias - Daniel Silva
- Eu Sou a Tal
- Farinhada
- Fran Carvalho
- Fran Carvalho - novo blog
- Hai-Kai - José Daniel Heldt
- Insana Insônia
- Intacta Retina
- Inversos Reversos - Juaum Ferreira
- Labigó Underground Art
- Luciano Klaus - Art Limited
- Mais Cadeiras - Jucélio Jr.
- Mariana Arraes
- Mariana Arraes - novo blog
- Morrer de Rir
- Mulé Burra
- Na Superfície da Alma
- O Distúrbio - Magnus Régis
- O Manual da Boneca
- Observatório da Imprensa
- Olhares
- Overmundo
- Portal Imprensa
- Procronesias - Samara Eugênia
- Quer Dizer
- Ranchinho de Poesias
- Recanto das Letras - George Paes
- Revista Piauí
- Ricardo Noblat
- SomdeCordeMim - Sanka
- Sylvio Edgard
- Tribo Éthnos
- Um Cara Estranho
- Vai te a porra
- Odes Mínimas
- Verão e Inferno


Votação:

- Dê uma nota para meu blog





Contador:

Layout:



Dentro de Mim Mora um Anjo

Quem me vê assim cantando
Não sabe nada de mim
Dentro de mim mora um anjo
Que tem a boca pintada
Que tem as unhas pintadas
Que tem as asas pintadas
Que passa horas a fio
No espelho do toucador

Dentro de mim mora um anjo
Que me sufoca de amor
Dentro de mim mora um anjo
Montado sobre um cavalo
Que ele sangra de espora
Ele é meu lado de dentro
Eu sou seu lado de fora

Quem me vê assim cantando
Não sabe nada de mim
Dentro de mim mora um anjo
Que arrasta suas medalhas
E que batuca pandeiro
Que me prendeu em seus laços
Mas que é meu prisioneiro

Acho que é colombina
Acho que é bailarina
Acho que é brasileiro
Quem me vê assim cantando
Não sabe nada de mim

Cacaso








- Postado por: Oda Mae às 17:17
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




"O amor é o ridículo da vida, a gente procura nele uma pureza impossível, uma pureza que está sempre se pondo, indo embora. A vida veio e me levou com ela. Sorte é se abandonar e aceitar uma vaga idéia de paraíso que nos persegue. Bonita e breve, como borboletas, que só vivem 24 horas. Morrer não dói."  (Cazuza)

E foi a partir dessas palavras, extraídas lá do finalzinho do filme Cazuza - O Tempo Não Pára, que eu comecei a refletir sobre como idealizamos as coisas, muitas vezes de forma bem diferente do que realmente são. Procuramos o amor perfeito, o par ideal, mergulhamos de cabeça em um falso paraíso e não conseguimos enxergar a brevidade das emoções humanas como algo que possa ser bom. Sim, algumas coisas são breves e nem por isso são ruins. Por exemplo: nos agarramos com unhas e dentes às paixões e quando elas se vão, nos tornamos incrédulos. Somos incapazes de enxergar que apesar de passageiras, as paixões valem a pena, sempre nos acrescentam e ensinam algo. E assim como o amor são imperfeitas. Também morrem.  E se durarem somente 24 horas - como as borboletas - que é que tem? O melhor da vida é justamente isso... viver!








- Postado por: Oda Mae às 10:45
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Happy end

O meu amor e eu
nascemos um para o outro

agora só falta quem nos apresente

(Cacaso)








- Postado por: Oda Mae às 09:27
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________