"Sou uma mulher madura que às vezes anda de balanço, sou uma criança insegura que às vezes anda de salto alto" (Martha Medeiros)



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, Mulher, Música, Livros, Jornalismo, Filmes
MSN - rosammagalhaes@hotmail.com


Histórico:

- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 23/12/2007 a 29/12/2007
- 16/12/2007 a 22/12/2007
- 09/12/2007 a 15/12/2007
- 02/12/2007 a 08/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 21/10/2007 a 27/10/2007
- 14/10/2007 a 20/10/2007
- 07/10/2007 a 13/10/2007
- 30/09/2007 a 06/10/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 15/07/2007 a 21/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 28/01/2007 a 03/02/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 17/12/2006 a 23/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 17/09/2006 a 23/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 14/05/2006 a 20/05/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 26/03/2006 a 01/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 12/03/2006 a 18/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 26/02/2006 a 04/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 15/01/2006 a 21/01/2006
- 08/01/2006 a 14/01/2006
- 01/01/2006 a 07/01/2006
- 18/12/2005 a 24/12/2005
- 11/12/2005 a 17/12/2005
- 27/11/2005 a 03/12/2005
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 06/11/2005 a 12/11/2005
- 30/10/2005 a 05/11/2005
- 23/10/2005 a 29/10/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 09/10/2005 a 15/10/2005
- 02/10/2005 a 08/10/2005
- 25/09/2005 a 01/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 11/09/2005 a 17/09/2005



Outros sites:

- Academia Midiática
- Agecom - CEUT
- Aislin Nahimana
- Alexandre Júnior
- Anucha Melo
- Anucha Melo - Novo Blog
- Artes (com) trastes e traquinagens
- Artes (com) trastes e traquinagens - ano 2
- Blog da Any
- Blog da Tânia
- Blog do Américo
- Blog do Bira
- Blog do Daniel Lopes
- Blog do Deto
- Blog do Naeno
- Caixa de Marimbondos
- Camila Rabelo
- Cantos Gerais
- Coffee and Dreams
- Dois dedos na garganta
- D´notícias - Daniel Silva
- Eu Sou a Tal
- Farinhada
- Fran Carvalho
- Fran Carvalho - novo blog
- Hai-Kai - José Daniel Heldt
- Insana Insônia
- Intacta Retina
- Inversos Reversos - Juaum Ferreira
- Labigó Underground Art
- Luciano Klaus - Art Limited
- Mais Cadeiras - Jucélio Jr.
- Mariana Arraes
- Mariana Arraes - novo blog
- Morrer de Rir
- Mulé Burra
- Na Superfície da Alma
- O Distúrbio - Magnus Régis
- O Manual da Boneca
- Observatório da Imprensa
- Olhares
- Overmundo
- Portal Imprensa
- Procronesias - Samara Eugênia
- Quer Dizer
- Ranchinho de Poesias
- Recanto das Letras - George Paes
- Revista Piauí
- Ricardo Noblat
- SomdeCordeMim - Sanka
- Sylvio Edgard
- Tribo Éthnos
- Um Cara Estranho
- Vai te a porra
- Odes Mínimas
- Verão e Inferno


Votação:

- Dê uma nota para meu blog





Contador:

Layout:



20/09/2008

A vida, afinal, é uma brincadeira de criança: a gente pode cair a qualquer instante e se machucar. Ou, na melhor das hipóteses, limpar a poeira e fazer de conta que nada aconteceu. Feliz de verdade é quem consegue achar graça de si mesmo! 

Sou palhaço do circo sem futuro
Um sorriso pintado a noite inteira
O cinema do fogo
Numa tarde embalada de poeira
Circo pegando fogo
Circo
(Palhaçada)

Sou palhaço do circo sem futuro
Um sorriso pintado a noite inteira
O cinema do fogo
Numa tarde embalada de poeira
Circo pegando fogo
Circo
(Palhaçada)

E a lona rasgada no alto
No globo os artistas da morte
E essa tragédia que é viver, e essa tragédia
Tanto amor que fere e cansa

(O Palhaço Do Circo Sem Futuro - Cordel Do Fogo Encantado)








- Postado por: Rosa Magalhães às 11:47
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




18/09/2008

"E nesses dias tão estranhos, fica a poeira se escondendo pelos cantos..." (Renato Russo)

Havia a lembrança das coisas espalhadas pela casa inteira e as palavras ecoando na minha mente como se fossem ditas naquele instante. Havia o silêncio quase interminável do lado de fora da porta, como se você ainda fosse abri-la e sorrir para mim. Restavam as cicatrizes que eu tentava,  mas não conseguia parar de tocar, como a conferir que aquilo tudo acontecera de verdade e que deixara marcas para sempre.
Havia o desejo, no intervalo de tempo entre a felicidade momentânea e o vazio que ficava no final de tudo.
Você ainda estava ali. Eu juro que podia senti-lo bem ali, roçando o corpo no meu, sorrindo o meu sorriso, abraçando o meu abraço. Meu fantasma imaginário.
Mas... fantasmas não são palpáveis. E laços se rompem facilmente, frágeis que são, como asas de borboletas. E eu - falsa fortaleza - preciso me deixar ruir pelo menos mais uma vez, para compreender que a história, dessa vez, chegou mesmo ao fim.








- Postado por: Rosa Magalhães às 10:31
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________